PASTORAL DO DÍZIMO

COORDENAÇÃO:

Anastácia

Marlene

   A Pastoral do Dízimo tem como papel principal conscientizar cada membro da comunidade sobre sua responsabilidade com a Igreja, levando-o a refletir e organizar as contribuições.

    O dízimo é uma expressão de gratidão a Deus por tudo o que recebemos. É uma contribuição voluntária, regular, periódica e proporcional aos rendimentos recebidos que todo batizado deve assumir como corresponsável em relação à manutenção da vida da Igreja.

     Apesar de termos várias citações bíblicas sobre o dízimo, a Igreja Católica não obriga os seus fiéis a serem dizimistas; portanto, não é obrigatório. É sinal de amor, de fé, de partilha e de comprometimento com a comunidade. Devemos ser dizimistas porque todo cristão, vivendo como família do povo de Deus, demonstra, enquanto dizimista, sua corresponsabilidade pela vida e pela manutenção da Igreja.

  O dízimo é aplicado em três dimensões: a religiosa, que se refere às despesas com o culto, o sacerdote e o templo; a social, para ajuda aos mais necessitados; e a missionária, que arca com despesas com a Evangelização fora dos limites da comunidade, como ajuda a outras paróquias e comunidades e obras missionárias. As doações feitas durante as celebrações não substituem o dízimo, pois a primeira refere se a ofertas esporádicas e o dizimista contribui regularmente.

Encontros:

A confirmar

Ser dizimista é experiência de fé, esperança e caridade.

SEJA DIZIMISTA!